EFEMÉRIDE DO DIA: FERRARI AZUL?!

Um dos personagens mais folclóricos - e de maior nariz - do automobilismo mundial
Um dos personagens mais folclóricos – e de maior nariz – do automobilismo mundial

Olá amigos!

O episódio do Podcast dessa semana apresentou diversos casos pitorescos sobre as corridas realizadas na Terra dos Livres e Lar dos Bravos, mas uma história que escapou do crivo dos Cabeças de Gasolina Chefes vale a pena ser contada. Vamos à ela:

Bonitinhas essa rodas azuis né?
Bonitinhas essa rodas azuis né?

O ano era 1964, e a F1 vivia um período de revoluções. Poucos anos antes, por influência dos resultados das garageiras inglesas, as equipes começaram a instalar os motores dos carros na traseira, contrariando a frase icônica do Comendador Enzo Ferrari (o personagem central da nossa história de hoje), que “Os carros tem que ser puxados, e não empurrados.” Dois anos depois, teríamos mais uma mudança drástica no panorama da categoria, mais uma vez comandada pelos ingleses: a entrada dos patrocínios na categoria.

A temporada daquele ano contou com 10 etapas, e a etapa americana foi a penúltima, naquela que foi a quarta corrida realizada no circuito, e foi ganha por Graham Hill, a bordo de uma BRM, seguido por seu maior rival, John Surtees com uma Ferrari, e Jim Clark, de Lotus.

Esse resultado embolou o campeonato, pois os três primeiros dessa corrida ainda tinham chances de título, que seria definido na última etapa, a ser realizada no México, onde Surtees se consagrou campeão conquistando um segundo lugar, após o abandono de Graham Hill, enquanto este andava em um desonroso décimo primeiro posto.

Mas isso não tem nada a ver com a história de hoje, apenas serve como pano de fundo histórico da temporada. Aliás, nossa história começa fora da F1.

O causador da discórdia
O causador da discórdia

Nossa jornada começa após o Grande Prêmio da Itália, etapa imediatamente anterior à corrida dos US and A. A Ferrari sofria para conseguir que o Automobile Club d´Italia homologasse a versão para corridas do 250 GT como Gran Turismo, apenas o fazendo como Protótipo.

Na época, para um carro conseguir a homologação como GT, era necessária a produção de um número mínimo de carros para venda. Por diversas vezes, o malandro agulha do Enzo Ferrari prometia que ia produzir os modelos a apresentar uns meses depois, e fingia que esquecia a promessa que tinha feito. O ACI cansou das promessas, e tentou dar um basta na sacanagem.

Depois do GP da Itália, e com a situação não resolvida, o Cappo fez sua promessa, ao melhor estilo Scarlett Ohara: “Nunca mais a Ferrari vai alinhar seus carros pelas cores da Itália!”

Enzo Ferrari mereceia um  Oscar!
Enzo Ferrari mereceia um Oscar!

Os carros de Lorenzo Bandini e John Surtees foram inscritos nas duas últimas etapas como bólidos da equipe de Luigi Chinetti, um concessionário da marca do cavalo rampante nos Estados Unidos, conhecida como North American Racing Team, ou NART.

Eram tempos em que os carros ostentavam as cores de seus países, sendo o vermelho associado aos carros italianos, o verde aos ingleses, o azul aos franceses, o prata aos alemães, e por aí vai… Por se inscrever como equipe americana, a Ferrari carregava as laterais do carro em azul, com uma larga faixa branca no meio, além das rodas brancas.

Ué? Como assim FERRARI AZUL?!?!
Ué? Como assim FERRARI AZUL?!?!

(Mais uma EFEMÉRIDE: a cor oficial da Ferrari é o amarelo, cores da cidade de Modena, onde ficava sua primeira sede.)

E como em todo final de episódio do He Man, pergunto-lhes: o que aprendemos com a história de hoje?

Pois eu mesmo respondo!

Tudo isso demonstra o quão forte é a influência da Scuderia na política do esporte a motor desde muito antes do que podemos imaginar! Esse episódio demonstra como o vermelho Ferrari e Automobilismo são coisas quase indissociáveis.

Ah, e poucas semanas após a corrida do México, a Ferrari 250 GT ganhou a homologação que precisava, mesmo sem apresentar os modelos de rua construídos…

Abraço!

Será que um dia isso pode acontecerá outra vez?
Será que um dia isso pode acontecerá outra vez?
1

A História dos Video Games de Formula Um!

Sim. Você já soprou muito essa fita. :p
Sim. Você já soprou muito essa fita. :p

O Giro do Boteco F1 está de volta! E na edição mais nova do quadro, os podcasters Sérgio Dias e Fernando Campos visitam a bordo do Delorean da imaginação, a história dos jogos eletrônicos da F1.

A modelo do Super Monaco GP foi a fantasia de muito cabeça de gasolina mirim no final dos anos 1980.
A modelo do Super Monaco GP foi a fantasia de muito cabeça de gasolina mirim no final dos        anos 1980.

Do Gran Trak 10 até o novo F1 2014, relembramos vários clássicos para que seu dia tenha um pouco de nostalgia com lembranças queridas dos dias em que ganhar o título mundial era tão real quanto ganhar um dia de trabalho.

Assista:

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

 

 

Já temos novo vídeo Roda com Roda no ar!

Confiram nosso Hangout com Del Valle e Valesi comentando os comentários:

Nossa participação no Na Porteira Cast:

http://naporteiracast.com.br/npc-51-automovel/

Nossa Loja Online com Camisetas de F1:

http://www.gasolinastore.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/PodcastF1Brasil

Twitter: https://twitter.com/PodcastF1Brasil

Raul Pasqualin sorry man, this is Gunnar Nilson (canelada fenomenal do Del Valle)

Eduardo Patriota “Pessoal do podcast eu mandei um email pra vcs no dia do aniversário do Del Valle com um DeLorean, vcs receberam esse meu email?”

http://www.podcastf1brasil.com.br/embarque-nosso-delorean-para-viajar-tempo/

RAFAEL ROSA (email)

 

na porteira banner3_940

Na Porteira Cast com a Galera do Podcast F1 Brasil

Olá cabeças-de-gasolina! Tivemos a honra de fazer uma participação especial num dos podcasts mais populares do Brasil, o Na Porteira Cast. O assunto do programa foi o Automóvel, com sua história, debates sobre vantagens e desvantagens para a sociedade e até uns palpites sobre as melhores marcas:

naporteira

O programa ficou ótimo, com muita informação e bom humor, principalmente para o nosso clã de petrolheads. Vamos lá meus amigos, vamos mostrar a GASOLINA POWER, não deixem de baixar o programa e também de deixar sua opinião lá no site do Na Porteira! Avante!

Um abraço ao Randal Bergamasco e ao Alexandre Sacutti, os talentosos e sempre simpáticos apresentadores do Na Porteira Cast!

 

 

michael-schumacher-9908-10262-hd-wallpapers

MICHAEL SCHUMACHER: A ANTOLOGIA

 

Pequenino Michael! Esse menininho se tornaria o maior vencedor da história da F1.
Pequenino Michael!

Você, cabeça de gasolina, já deve ter ouvido os programas especiais sobre o heptacampeão mundial que nós fizemos. Se ainda não teve a oportunidade, clique nas imagens abaixo para escutar a trilogia:

1c
28 ESPECIAL SCHUMACHER: SEGREDOS, HISTÓRIAS, MOTIVOS E MUITO MAIS (PARTE 1)
53 ESPECIAL SCHUMACHER PARTE 2: A ERA BENETTON, AYRTON SENNA, PRIMEIRA VITÓRIA,
53 ESPECIAL SCHUMACHER PARTE 2: A ERA BENETTON, AYRTON SENNA, PRIMEIRA VITÓRIA,
78 ESPECIAL SCHUMACHER PARTE 3: A ERA FERRARI ANTES DOS TÍTULOS, 1996-1999, OS ANOS DA FOME DE CAMPEONATOS, O DREAM TEAM E O FAB FOUR
78 ESPECIAL SCHUMACHER PARTE 3: A ERA FERRARI ANTES DOS TÍTULOS, 1996-1999, OS ANOS DA FOME DE CAMPEONATOS, O DREAM TEAM E O FAB FOUR

Agora, o Boteco F1 lança a história resumida do alemão em 7 minutos. Ou seja, você vai sair desse post completamente por dentro dos primeiros anos de vida, da relação com os pais, os primeiros testes, da ascensão nas categorias de base, chegada a Jordan, Benetton até os anos mirabilis na Ferrari.

Prepare o lanche, coloque os fones e se torne um PhD sobre a história de Michael Schumacher e se torne um cabeça de gasolina master.

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

 

Embarque no Nosso DeLorean para Viajar no Tempo

Quando você viaja conosco nos Especiais e Crônicas de pistas famosas, já nos ouviu mencionar “nosso DeLorean”. Símbolo das viagens no tempo graças ao clássico “De Volta para o Futuro”, o cupê faz parte da imaginação dos cabeças de gasolina.

Nosso ouvinte Du Patriota no mandou uma homenagem genial, com a qual ficamos muito honrados, confira o DeLorean Oficial do Podcast F1 Brasil:

pFB

E o mais bacana é que o Du Patriota não se contentou em botar nosso infame logo na porta do bólido. Há outros detalhes típicos de petrolheads, vamos ver quem acha os outros “Easter Eggs”!

Um abração especial ao Du Patriota e a todos!

DR EMMET BROWN MEME

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

podio_vettel_hamilton_alonso_reu

Recomendações de Sexta-Feira

Olá cabeças de gasolina! Dentro de alguns meses, este projeto completará 3 anos batendo roda com roda com vocês. O tempo passa voando… A vantagem de sermos velhos é que vamos acumulando histórias para contar. As duas próximas corridas são em Austin e Interlagos, Grandes Prêmios que já apareceram duas vezes cada um por aqui:

2012 – GP dos Estados Unidos – Texas: Batalha dos Cowboys, Ferrari com a Música do Darth Vader, e muito mais (a célebre corrida em que a Ferrari rompeu o lacre do câmbio de Felipe Massa para fazer Alonso largar no lado limpo da pista).

2012 – GP do Brasil – Interlagos: No Templo de Interlagos, Quem Diria, o Grande Rabudo foi Vettel (programa clássico, à altura da corrida que decidiu o título de 2012 para Vettel, que sobreviveu a uma  pancada com Bruno Senna e conseguiu fazer pontos para derrotar Alonso. Nosso correspondente Valesi estava  lá)

2013 – GP dos Estados Unidos – Texas: Pastor Agrega Valor, Alonso Matreiro, Felipe Massa e muito mais (conspiração na Williams, com Pastor Maldonado acusando a equipe de favorecimento a Bottas, que já se revelava bastante diferenciado)

2013 – GP do Brasil – Interlagos: Chove-Não-Molha, Cuca-Fresca, Vento na Cara, Jabiraca Voadora, Linha Branca da Discórdia (com a célebre despedida de Webber, Punição a Massa e outras maluquices)

Há quem goste de fazer escavações arqueológicas envolvendo podcasts, então está aí um prato cheio.

Gostaria também de recomentar o belo Episódio do Escriba Café sobre Segunda Guerra Mundial. Programa que eu não conhecia, mas será submetido a uma impiedosa escavação arqueológica podcastal. Nas minhas escavações, achei também semana passada o Dragões de Garagem sobre UFOs, um clássico sobre o assunto.

Agora vocês já têm algum conteúdo para passar o final de semana! Nesta segunda-feira teremos o Especial que já está pronto, mas vocês só descobrirão o tema na hora. Abração a todos e até lá!

PF1BR 011 INTERLAGOS v4_black

Promoção Interlagos: Diga a Palavra Mágica no Setor A e Ganhe uma Camiseta do PF1BR

Amigos cabeças de gasolina, quem for assistir ao GP do Brasil em Interlagos no Setor A vai ter a chance de ganhar uma camiseta do PF1BR!

Nosso petrolhead do apocalipse Valesi vai comandar essa promoção:

“Olá, cabeças de gasolina, aqui é o Valesi!!!

Queremos ver as arquibancadas lotadas neste Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 2014, para mostrar para todo o mundo o gasolina power dos brasileiros e hermanos sulamericanos.

Por isso, o Podcast F1 Brasil vai ajudar dando uma forcinha especial: vamos agraciar dois sortudos com camisetas da nossa Gasolina Store!

Serão entregues no setor A, uma na sexta-feira e outra no sábado. Para ganhá-las, nosso ouvinte tem que estar esperto. Funciona assim:

Na semana do GP do Brasil lançaremos um programa especial pré-Interlagos. No meio deste programa vamos contar a todos qual a senha secreta para a segunda fase do sorteio.

Ao chegar no autódromo, tanto na sexta quanto no sábado, nosso cabeça de gasolina do apocalipse Valesi vai tuitar a palavra mágica do dia. Daí é fácil: é só encontrá-lo (dica: ele vai estar usando uma camiseta da gasolina store), gritar a senha secreta para chamar sua atenção e daí falar a palavra mágica.

Teremos uma camiseta de cada modelo: a “rossa Ferrari” Fernando is Faster than You e a cool Keep Calm and Just Leave Kimi Alone. O cabeça de gasolina mais rápido da sexta-feira vai poder escolher sua camiseta. O do sábado ganha a outra.

Então não largue como o Webber: siga o perfil @cevalesi no Twitter, ouça nosso programa e nos encontre em Interlagos.

Até lá!”

PF1BR 011 INTERLAGOS v4_black

Camiseta “Interlagos”: Lançamento!

Já está totalmente disponível na Gasolina Store o nosso lançamento homenageando Interlagos, nosso templo, nosso circuito, nossa arena:

INTERLAGOS-500px

Essa é aquela camiseta para o cabeça-de-gasolina master, e para gerar boas discussões sobre nosso palco mais famoso, suas curvas e suas histórias. AVANTE!

Fórmula 1 em alto e bom som