Para ouvir, clique Play:

000williams rain

Host, Boss, Timoneiro, Contínuo, Editor-Chefe, Asno Volante e Office-Boy:  Carlos Del Valle

Convidados deste programa:

Sérgio Siverly, do Boteco F1

Valesi, do Melhor Blog sobre Nada

Joshué Fusinato, autor de vários artigos no Podcast F1 Brasil

Fernando Campos, que pilota o Instagram do PF1BR

meme-smedley-logo222

TROFÉU JUMP START (Primeiro Comentário):

Programa Galvão Bueno x Flávio Gomes: Raphael Wilker

Post dos Troféus: Diego Ricarte

podcast patreon 550

Nossos Patronos do Patreon:
Leandro de Souza, Eduardo Martins,  Rubens Netto, Débora Almeida
Thiago Vilela,  Marco Oliveira , Wreygan Gomes,  Mateus Ferreira,  Douglas Kaucz, Bernard Port, André Lima, Moisés Silva, Marco Santo, Antonio Cordeiro, Carlos Nascimento, Cesar Augusto.

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

Williams: ainda perdendo em estratégia para Mercedes e Ferrari

Lotus: a dupla explosiva Groselha/Maldonado abandonou logo na primeira volta

Kimi Raikkonen: mais uma corrida de nada a lugar algum

McLaren: quando parece que não dá mais piorar, um carro é obliterado pelo outro

Sauber do Felipe Nasr: enguiçou antes da corrida e o brasileiro nem largou

Max Verstappen: treino ruim e rodada logo no começo

Carlos Sainz, perdeu tanto tempo batendo no volante que parou em lugar inadequado, desencadeando o Safety Car Virtual

Felipe Massa: ótimo treino e largada espetacular, com longa liderança na primeira parte da corrida

Hamilton: terceiro da história em poles, atrás de Senna e Schumacher. Vitória épica em casa, reagindo no campeonato

Ferrari: nó tático com Vettel chegando à frente das Williams mesmo com carro mais lento durante todo o final de semana

Alonso: superou Groselha no Campeonato Interno de Rali na Brita na sexta-feira, e ainda conseguiu um ponto no domingo

Williams: manteve uma linda dobradinha em casa durante um bom tempo

Duas Force India nos pontos, resultado importante na briga de foice contra Lotus e Toro Rosso

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

GASOLINA-STORE-BANNER-JPEG

Email: contato@podcastf1brasil.com.br

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

Categorias: Podcast

Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

48 comentários

Sra. Flowers (@DehFlowers) · 6 de julho de 2015 às 0:56

Girl Power! Vettel one finger!

Diego Ricarte · 6 de julho de 2015 às 0:57

Ahhhh Williams parte 2.

Ulisses Avelino · 6 de julho de 2015 às 0:59

Pouta perdi o jump start por erro de equipe, nem no pódio eu fiquei 🙁

Carlitos Massarico · 6 de julho de 2015 às 1:00

Eu estava na liderança para o Troféu Jump Start 🙂
Mas a Williams errou na estratégia 🙁

Valesi · 6 de julho de 2015 às 1:01

Ficou uma volta a mais na pista!!!

Leonardo Saldanha · 6 de julho de 2015 às 1:06

a williams nunca voltará a ser grande enquanto continuar pensando como uma equipe pequena

Lucas Pereira Martins · 6 de julho de 2015 às 1:48

E eu sou a Andrea Moda dos jumps starts.

Carlitos Massarico · 6 de julho de 2015 às 1:49

Modo Pachequismo ON

1) Fiquei muito puto em ver o Nasr nem largar. É a segunda prova seguida que ele poderia pontuar e acaba traído por problemas mecânicos básicos. Se for pra Sauber vacilar, tem que vacilar no carro do Ericsson, que hoje deixou claro que não fede nem cheira.

2) A Williams falhar em estratégia é chover no molhado (literalmente). Lembro do GP de Mônaco em 1997, quando foram os únicos ponteiros a largar com pneus secos em uma pista claramente encharcada – e foram motivo de chacota. Por isso, não me surpreendeu o Massa ter ficado na mão – e por falta de uma, hoje foram duas vezes: no undercut e na demora para colocar os intermediários.

3) Quanto ao rendimento Massa-Bottas, tenho a convicção de que o Bottas estava mais rápido por conta do DRS. E tanto isso é claro que quando o Massa abriu mais de 1 segundo, depois da 1ª parada, o Bottas só fez andar pra trás. E se qualquer um dos dois resolvesse servir de escudeiro para um deles tentar disparar, seriam os dois presas fáceis. Sem o DRS puxando o Bottas (ou o Massa, se trocassem posições), tanto o Hamilton quanto o Rosberg engoliriam as Williams. MESMO ASSIM, não dá pra sonhar que a Williams conseguiria abrir vantagem para a Mercedes. Enfim, com o DRS os tempos dos “segundos pilotos escudeiros” não existe – o que acho ótimo. Nem sou fã do Massa, mas aquele começo de corrida dele foi de gente grande.

E minha namorada, que não é de comentar muito F1, me soltou a melhor do final de semana: o Massa se dar mal foi bom para não perpetuar essa besteira do “Felipinho Polvo Paul”. hahahaha

    rockahnur · 6 de julho de 2015 às 2:22

    “…Massa se dar mal foi bom para não perpetuar essa besteira do “Felipinho Polvo Paul…”
    Carlitos Massarico, como faz pra da like no seu comentário? 😀

      Carlitos Massarico · 6 de julho de 2015 às 16:25

      Haha, eu ri muito quando ela me soltou essa, rockahnur 🙂

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:46

    Hehehe excelente mesmo essa do Felipinho e o Polvo Paul….

Raphael Wilker · 6 de julho de 2015 às 8:25

Adorei o cast.
Boa discussão sobre a Williams ter uma atitude e se arriscar.

cleidsonn · 6 de julho de 2015 às 10:03

Programa nota 10. Ótimas discussões.
Faria sentido se a Willians pedisse para o Massa deixar o Bottas passar e depois chamasse o Massa para o pit antes do Bottas?

A lição que fica é:
Undercut, ou você dá ou você leva.

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:45

    Genial: “Undercut, ou você dá ou você leva.”

    Até tuitei essa

R7 Sports · 6 de julho de 2015 às 11:37

Ótimo podcast como sempre parabéns a todos

Morenin F1 · 6 de julho de 2015 às 12:34

A dose de Martini começou boa, depois ficou aguada!

Mauricio Maciel · 6 de julho de 2015 às 14:35

Parabéns, excelente cast.

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:44

    Obrigado Mauricio 🙂

Goku_brazileiro · 6 de julho de 2015 às 15:20

Honda é a Nitendo da formula 1.

Romulo Maia · 6 de julho de 2015 às 15:58

Discordando um pouco da opinião de vocês quanto ao equívoco da Williams. Eu não acho que o erro dela foi não ter mandado o Massa abrir pro Bottas. Eu acho que o erro foi não ter deixado ele tentar ultrapassagem desde e o início. E além disso, eu também não acho que o Bottas tava tão mais rápido porque depois que foi autorizada a ultrapassagem, mesmo com o DRS, ele não conseguiu ultrapassar.

Jordan Bandeira · 6 de julho de 2015 às 16:27

Mais um ótimo programa do PF1BR. Me senti lisonjeado ao ouvir meu comentário lido na íntegra, muito obrigado.

Sobre a efeméride (vou me acostumar com essa palavra): tenho uma biografia fotográfica do Keith Sutton, ‘Ayrton Senna – Um Tributo Pessoal’ (My Ten Years with Ayrton Senna, em inglês) e nesse livro tem uma foto do príncipe Michael de Kent entregando o troféu de construtores a Ron Dennis.

Ah, sim. Não nasci em 1984, nesse ano eu ainda estava dentro do meu pai.

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:43

    Valeu Jordan! Como disse o Valesi, ISSO é que é nome de cabeça de gasolina!

José Ronei (@jronei) · 6 de julho de 2015 às 16:49

No bolão do Predictor, sempre que eu mexo nos palpites, não chego a fazer nem 30 pontos. Nesse da Inglaterra, que esqueci de mexer, fiz 140!!! Vai entender essa…..

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:43

    Hahaha José Ronei, essa vinha dando certo pra mim até duas corridas atrás, mas agora me estrepei e vou ter que fazer um jogo mais calculado

Fabiano Forte · 6 de julho de 2015 às 21:11

Também não acho que a Williams fosse ganhar da Mercedes, mas que foi foda os ingleses entregarem de bandeja, foi!

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:42

    Verdade! Morrer lutando!

William Ferreira · 6 de julho de 2015 às 21:30

Opa

Obrigado a todos! 202 pontos na primeira vez que participo do predictors!

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:42

    Minha nossa! 202!!! o_O

    Acho que não tenho isso ainda no total…

Tiago Oliveira · 7 de julho de 2015 às 5:36

Muito bom o programa, parece que essa “formacao” tá se entrosando e ficando mais soltos e organico, legal mesmo.

Sou eu o único que acha o Bottas supervalorizado? O que a Ferrari tem na cabeca pra gastar dinheiro com um cara que nao consegue se impor à um piloto que eles descartaram num futuro recente?

Abraco!

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:41

    Obrigado Tiago! O Bo77as é muito valorizado, não sei se sobrevalorizado… Ele nunca perdeu de um companheiro de equipe, e este ano ele está na frente do Massa, tendo a desculpa de ter faltado a uma corrida por lesão. Eu pessoalmente acho o Hulk mais diferenciado ainda, mas os dois me parecem muito próximos

Marco Santo · 7 de julho de 2015 às 9:54

Acho que as Mercedes nem tentaram passar Bottas e Massa na pista pq o Toto já sabia que iria papá-los nos boxes. Aquela ameaça de parada foi para amedrontar de vez o Smedley…

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:39

    Sim, se Hamilton parasse antes com certeza o “Hammertime” ia cantar… A única chance da Williams seria parar antes, arriscando ficar sem pneu depois (mas como choveu, não teria ficado, mas possivelmente teria sido engolida pelo desempenho da Mercedes na chuva)

rubens.exe (@rubensGPnetto) · 7 de julho de 2015 às 11:21

Bom dia amiguinhos!
Excelente programa como sempre!
Quase peguei o troféu Jump Start, mas a Débora foi mais rápida que eu, Barrichellei legal!
Enfim, programa impecável sem dúvida alguma, dispensando qualquer comentário oposto a ele!
Um efusivo abraço e até a próxima!
Rubens “A Lenda”

Ps.: Adorei esse trem de “A Lenda” xoxo

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:38

    Obrigado Lenda!

Douglas Kaucz · 7 de julho de 2015 às 19:58

O Bottas não era mais rápido que o Massa, somente em 2 setores ele era, e por incrível coincidência podia abrir asa nesses setores. O certo para a Williams ganhar era mandar o Bottas segurar os Flechas de Prata enquanto o Massa se afastava para poder fazer um pit stop tranquilo e levar a corrida.

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:37

    Concordo! 🙂

    Joshué Fusinato · 8 de julho de 2015 às 9:35

    Foi o que eu disse!

Luciano Queiroz · 8 de julho de 2015 às 12:18

Ah como eu passei raiva nessa corrida. Até eu sei que a Willians deveria ter chamado o Massa primeiro e não ficar esperando pela decisão dos outros. Eles conseguiram estragar a corrida do Massa duas vezes.

E o pior de tudo foi ouvir no começo da corrida o Galvão falando que o Bottas estava mais rápido do que o Massa. Claro! Ele pode abrir a asa. Só depois de umas 10 voltas que o Burti foi se tocar desse detalhe insignificante.

Abraços!

    Luciano Queiroz · 8 de julho de 2015 às 12:19

    Escrevi Williams errado. Sorry.

    Carlos Del Valle · 8 de julho de 2015 às 15:57

    Minha Nossa! É o Cupim?!? o_O

    Que insight bizarro! Eu estava ouvindo tranquilamente o último Dragões de Garagem (entrevista com o pesquisador) quando chega uma notificação de comentário, de “Luciano Queiroz”. Eu pensei: “que engraçado, o cara é xará do chefe do Dragões de Garagem”…

    Sobre o lance da Williams, na minha cabeça de torcedor, o cenário ideal seria conseguir chamar o Massa antes do Hamilton, e deixar o Bottas cozinhando o galo com a Mercedes. O tio Rob Smedley ficaria preocupadíssimo em ficar sem pneus ao final do stint, mas é melhor perder tentando do que entregar de bandeja logo no começo. De qualquer forma, com o lance da chuva, provavelmente as Mercedes engoliriam as Williams de qualquer forma, por causa do carro mesmo…

    abração
    Carlos Del Valle

Queiroz · 8 de julho de 2015 às 18:46

Rapaz… estava ouvindo um podcast antigo sobre o filme Rush e o Carlos Del Valle comentou que algum ouvinte tinha falado sobre o site F1 Fanatic (http://www.f1fanatic.co.uk/). Se trata de um site que publica todas as conversas de rádio que acontecen durante a corrida.

Intensivão de inglês já!!!! Muita coisa consegui entender com meu “inglês avançado” mas algumas palavras e expressões foi no tradutor mesmo.

Dá pra ter a real dimensão do que está rolando em cada momento da corrida!! Curti demais. Deu pra perceber que o danadinho do Bottas já estava reclamando, também, porque não podia passar o Massa… todo mundo quer passar o massa, todo mundo quer que ele ouça a famosa frase “[SOMEONE] IS FASTER THAN YOU”…

Pois então… fica reforçada a dica para a rapaziada… ou mulherada.

Abraço.

Ps: Queiroz ≠ Luciano Queiroz

Deixe uma resposta para Romulo Maia Cancelar resposta