Para ouvir, clique Play:

Host, Boss, Timoneiro, Contínuo, Editor-Chefe, Asno Volante e Office-Boy:  Carlos Del Valle

Convidados deste programa:

Sérgio Siverly, do Boteco F1

Valesi, do Edição Rápida

Fernando Campos, que pilota o Instagram do PF1BR

podcast patreon 550

Nossos sinceros agradecimentos a nossos amigos que ajudam nosso projeto no PATREON! Saudações a nossos patronos Leandro de Souza, Pablo Ocerin, Eduardo Martins, Rubens Netto, Débora Almeida, Alexandre Pires, Thiago Vilela, Marco Oliveira, Wreygan Gomes, Mateus Ferreira, Bernard Port, André Lima, Bruno Shinosaki – Fim do Grid, Bruno da Mata, Ricardo Bunnyman, Anthony Santos,William Schlichting, Diego Proença, Marco Santo, Alísio Meneses e Cesar Augusto.. Você também pode colaborar com o Podcast F1 Brasil, com quantias a partir de 1 Obama/mês.

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

suzuka cut crop 2

CINCO MELHORES CORRIDAS

  • Inglaterra
  • Hungria
  • Bélgica
  • Rússia
  • EUA

Inglaterra

Largada atômica das Williams, Massa e Bottas assumem as primeiras posições antes da primeira curva;

Hamilton recupera a segunda posição mas volta para 3° após tentar uma manobra, no mínimo, otimista em Massa pela liderança na saída do Safety Car;

Acidentes internos na 1ª curva, Grosjean X Maldonado e Alonso X Button;

Hamilton consegue o undercut nas Williams (No kidding) mas Rosberg ainda fica preso em 4º;

Verstappen perde o carro sozinho e Sainz tem um problema mecânico (No kidding X2), STR fora da corrida;

Rosberg abre caminho e vai a caça de Hamilton mas já é tarde, mesmo sob chuva o britânico vence em casa com seu companheiro de equipe em 2º e Vettel em 3º;

Bottas e Massa fora do pódio graças as peripécias estratégicas da Williams.

Hungria

Primeira corrida após o falecimento de Jules Bianchi;
Massa fora de posição no grid, largada abortada;

Largada atômica das Ferraris, pulando as Mercedes ainda na reta principal;

No segundo setor, Hamilton tenta uma manobra, no mínimo, otimista em Rosberg pela 3ª posição mas acaba caindo para 9º com a saída de pista;

Maldonado mandando Perez pelos ares na saída da curva 1;
Asa dianteira de Nico Hulkenberg se auto-ejetando no fim da reta principal, pista suja, safety car na pista e carros passando por dentro do pit-lane;

Na saída do Safety Car, Mercedes ataque, no entanto, Rosberg dá no meio de Daniel Ricciardo e acaba caindo para o meio do bolo;
No meio da bagunça, Max Verstappen fura o pneu de Valtteri Bottas;

Kimi Raikkonen e Carlos Sainz (No kidding) abandonam com problemas mecânicos;

Ricciardo tenta uma manobra banzai na curva 1 em cima de Hamilton, mas o britânico dá o X muito cedo e acaba se chocando com a RBR. Resultado: Pneu furado na Mercedes e uma asa dianteira danificada para o australiano;

Em meio ao caos, Kvyat termina em 2º, Ricciardo em 3º, Verstappen em 4º e Alonso em 5º

Vettel vence de ponta a ponta com direito a outro rádio sensacional na volta de desaceleração.

Bélgica

GP de número 900 da Ferrari na F1;

Nico Hulkenberg sem potência ainda na volta de apresentação, mesmo assim, o alemão alinha no grid e força uma segunda volta para aquecimento de pneus já que sua Force India tinha apagado de vez;

Na segunda volta de apresentação, Carlos Sainz (No kidding) também tem problemas mecânicos e abandona antes da largada;

Largada Webber-Barrichello de Nico Rosberg, de 2º para 5º, enquanto isso Sérgio Pérez pulou para a 2ª colocação e chegou a desafiar Lewis Hamilton pela liderança;

Ainda na segunda volta, Pastor Maldonado é forçado a abandonar com problemas no motor

Enquanto isso, Grosjean abria caminho impulsionado pelo mesmo motor Mercedes, chegando a 5ª posição;

Verstappen faz uma ultrapassagem incrível em Felipe Nasr, começando por fora na Blanchimont e terminando por dentro na primeira perna da Bus Stop “It’s bold, it’s brave, it’s beautiful – David Croft”;

Bottas com três pneus médios e um macio em sua Williams após um pit-stop trapalhões;

Grosjean subindo para 3º com ultrapassagens em Daniel Ricciardo e Sérgio Pérez;

Ricciardo abandonando com problemas mecânicos na saída da Bus Stop;

Sebastian Vettel tenta uma estratégia de apenas uma parada para manter a última posição do pódio, a estratégia é efetiva até a penúltima volta do GP, quando um de seu pneus traseiros explode, transferindo o pódio para Romain Grosjean, o último pódio da Lotus na categoria.

Rússia

Carlos Sainz carimba o muro ainda no sábado e vai para o hospital, mas recebe alta e consegue liberação para correr no dia seguinte;
Confusão após a 1ª curva, Hulkenberg fica ao contrário e é acertado por Marcus Ericsson. Tentando desviar, Max Verstappen ganha um pneu furado. Safety Car na pista;

Na saída do Safety Car, Valtteri Bottas assume a 3ª posição ultrapassando seu compatriota, Kimi Raikkonen;

Rosberg liderava, mas acaba abandonando a prova com problemas de freio;

Briga interna entre as Ferraris, Kimi e Vettel disputando roda com roda;

Grosjean carimba o muro de maneira cinematográfica depois de perder o carro na longa curva de alta do circuito;

O esquadrão finlandês começa a avançar pelo pelotão, a primeira vítima é Daniel Ricciardo, que abandonaria posteriormente com problemas mecânicos;

Falando em problemas mecânicos, Carlos Sainz (No kidding) tem uma falha catastrófica no freio e é forçado a abandonar após carimbar o muro mais uma vez, deixando um pedaço da sua asa traseira na pista durante o processo.

Brave Russian (Vettel)

O esquadrão finlandês faz sua segunda vítima, dessa vez o mexicano Sérgio Perez que vinha sorrateiro e sem pneu na 2ª posição devido a sua estratégia alternativa;

Raikkonen então tenta uma manobra banzai em Bottas, sem sucesso, o piloto da Williams abandona a prova enquanto o ferrarista continua no GP, mas se arrastando pela pista;

Pérez herda o pódio, e Felipe Massa, formado na escola Jenson Button de pilotagem, termina em 4º depois de ter largado em 15º;
6ª posição do Nasr.

Estados Unidos

Chuva

Furacão

Kimi doidão contra a barreira

Red Bull bem no início

Kvyat no muro

Colisão Hulk x Ricciardo

Rosberg escorrega no final

Hamilton campeão

Sauber com colisão entre os dois pilotos Nasr e Ericsson

Verstappen e Sainz em quarto e sexto

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

GASOLINA-STORE-BANNER-JPEG

Email: contato@podcastf1brasil.com.br

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

Categorias: Podcast

Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

7 comentários

Diego Ricarte · 21 de dezembro de 2015 às 0:12

Opa!

João Vítor Dieter · 21 de dezembro de 2015 às 0:13

EUA foi a melhor

Mateus Ferreira · 21 de dezembro de 2015 às 0:13

jump start?

rubens.exe (@rubensGPnetto) · 21 de dezembro de 2015 às 15:00

GP da Alemanha foi o melhor, adoro corridas em Paul Richard!

Jordan Bandeira · 22 de dezembro de 2015 às 0:01

Na minha opinião modesta, Austin foi o melhor GP do ano.

Já que Fernandão falou do seu xará, gostaria de registrar uma efeméride (muito legal essa palavra):

O 17º lugar de Fernando Alonso na classificação geral desta temporada igualou o 17º lugar de outro bicampeão, Emerson Fittipaldi, no ano de 1976.

Agora qual carro era o pior dos dois é outra estória, rs.

Ivan Cézanne Seara · 30 de dezembro de 2015 às 12:07

Excelente episódio e excelente exemplo de cidadania no “outtake”. #empilhacertoacestinhapô

Deixe seu Comentário