Para ouvir, clique Play:

(Psiu! Não se esqueça de responder à PodPesquisa 2014! Válida até 30/abril)

Host: Carlos Del Valle

Convidados deste programa:

Valesi, do Melhor Blog sobre Nada

Sérgio Siverly, do Boteco F1

Eduardo Casola Filho,  da rádio Push to Pass

Patetices habituais com erros de gravação no final do programa.

Buemi, a Toro Rosso STR5 e o “míssil humano” de 2010

 

  • Tilkódromo que estreou em 2004
  • Pista com 5.451m
  • Maiores vencedores: Hamilton (08,11) e Alonso (05,13)
  • Melhor equipe: Ferrari (2004, 2006, 2007 e 2013)
  • Sendo que as quatro vitórias da Ferrari foram com quatro pilotos diferentes: Rubens Barrichello(2004), Michael Schumacher(2006), Kimi Räikkonen(2007) e Fernando Alonso(2013).

A famosa letra Shang:

shang Capture

O traçado, para comparação:

shanghai international

Volta com comentários de Fernando Alonso sobre o traçado, curvas e marchas:

Corrida clássica em Sepang: 2006 (por Sergião)

  • Última vitória de Michael Schumacher na F1
  • Pole de Alonso com Fisichella em segundo (dobradinha Renault)

Largada:

Largada gravada por uma TecPix:

  • Kimi larga bem pacas, mas depois abandona com quebra de motor
  • Schumacher vem remando da sexta posição
  • Alonso troca os pneus e perde rendimento.
  • Alonso volta para os boxes para trocar os pneus de novo e perde bastante tempo com pneu traseiro direito
  • Massa bate em Coulthard e abandona com quebrar da suspensão da Ferrari
  • Fisichella volta com pneus secos após parar nos boxes e faz mais uma de suas “Fisichelices”, perde o carro na curva 2 e Schumi não perdoa

Schumi ultrapassando Alonso para o delírio da massa:

Última volta com Jenson Button dando show na pista meio molhada; na curva 14, Barrichello enche o carro do Heidfeld:

Melhores momentos da prova (videozinho mequetrefe 240p):

Mesma TecPix na hora da vitória do Schumi:

Pódio com alegria da Ferrari e Schumi. Reparem nas caras do Alonso e do Fisico. PS: O Alonso no champagne é impagável:

 Corrida clássica em Xangai: 2010 (por Del Valle)

Alonso e Massa no polêmico incidente ao entrar nos boxes de Xangai em 2010

Alonso e Massa no polêmico incidente ao entrar nos boxes de Xangai em 2010

  • Acidente espetacular de Buemi nos treinos
  • Dobradinha da Red Bull no grid (treino no seco)
  • Largada com chuva leve, pneus slick
  • Alonso queima a largada e é penalizado
  • Safety car por colisão Liuzzi x Kobayashi
  • Todo mundo troca para pneus intermediários, menos Button e as Renault, que se dão bem ao ficar com slicks por a pista secou rapidamente
  • Chuva forte: todo mundo para os boxes
  • Alonso empurra Massa para fora da pista na entrada para os boxes
  • Final com vitória de Button, e um espetacular segundo lugar para Hamlton, que estava em sétimo e veio remando no pelotão
  • Dobradinha da McLaren
  • Alonso remou bastante após a punição e ainda chegou em quarto
  • Button líder do campeonato 10 pontos à frente do segundo colocado

Corrida clássica em Xangai: 2004 (por Valesi)

Largada

Ultrapassagens

Corrida clássica em Xangai: 2007 (por Eduardão)

  • Pole de Hamilton
  • Condições meteorológicas instáveis
  • Frase famosa “We’re racing Fernando / Estamos correndo contra Alonso”, por Ron Dennis
  • Hamilton poderia ser campeão nessa corrida, mas ficou com pneus totalmente destruídos ao “correr contra Alonso”, e acabou encalhando de forma bisonha na brita da entrada dos boxes
  • Kimi venceu e reduziu a vantagem de Hamilton no campeonato de 17 para 7 pontos, abrindo caminho para sua incrível conquista do campeonato

Email: contato@podcastf1brasil.com.br

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

Categorias: Podcast

Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

15 comentários

raphaelwilker · 14 de abril de 2014 às 15:41

E lá vamos nos ! XD

    Carlos Del Valle · 14 de abril de 2014 às 17:10

    Troféu F5 / pole position 🙂

Andrew · 14 de abril de 2014 às 16:56

Eu dei uma pesquisada,seria essa letra “上” ?

    Carlos Del Valle · 14 de abril de 2014 às 18:52

    No meu browser eu não consegui ver a letra que você escreveu, Andrew. Peraí que vou botar uma imagem jpg

      Carlos Del Valle · 14 de abril de 2014 às 19:50

      Tá no post 😛

        Andrew · 15 de abril de 2014 às 2:00

        ta um pouco diferente do que eu postei ali,como é só por curiosidade ta valendo. Vlw

          Carlos Del Valle · 15 de abril de 2014 às 15:10

          Mudei de browser e achei uma melhor, bem mais parecida com a que você mostrou. Inclusive troquei lá no post 😛

SrRobertoDeniro · 14 de abril de 2014 às 21:26

Sempre os mestres nos ajudando a suprir a necessidades do vicio autococus.
Obrigado podcastf1br, sempre obrigado.

    Carlos Del Valle · 15 de abril de 2014 às 15:11

    Nós é que agradecemos, ainda mais pelo conjunto da sua obra cinematográfica 😛

Edson Sguizzato · 15 de abril de 2014 às 0:33

Comparar a letra com o circuito está igual interpretar nuvens. Não vi semelhança além da base da letra.

    Carlos Del Valle · 15 de abril de 2014 às 15:42

    Agora botei uma letra melhor, ficou bem mais parecido. Mas tem que usar de uma certa abstração mesmo… 🙂

Walescko · 16 de abril de 2014 às 2:14

hahahaha Sebastian Buemi e sua Toro Roso em 2010, parecia carro de circo, achei um vídeo

    Carlos Del Valle · 17 de abril de 2014 às 11:02

    Realmente espetacular… Eu fiz nossa imagem deste post a partir de um vídeo, é um still, deve ser desse aí mesmo

Tiago Oliveira · 17 de abril de 2014 às 8:58

A pista da China é ainda um estilo Malasia, depois veio o estilo árabe/cingapura (chato pra caralho). Espero q venham mais pistas no estilo Austin (como era a da Turquia) no futuro, que sao ainda mais legais. O Tilke cria merdas e obras de arte, e a China pertence à segunda. Lembre-se que a F1 nunca foi mágica e já correu em lugares super sem graca também (como o circuito do méxico, de Detroit, Magny Cours, Los Angeles).

Sempre sentirei falta do tracado clássico de Hockenhein, decapitado pela hipocrisia da era do mimimi que vivemos, e de circuitos que jamais tive a chance de ver como Enna Pergusa, mas criticar absolutamente tudo o que o Tilke faz é tambem um certo extremismo.

Quanto a corrida desse ano, vamos ver a Barbie contra o Rapper na batalha da formula 1 ostentacao. Mas vamos ver se o Vettel nao “biscoita” eles. O grande problema na RedBull é essa reta oposta de 1.3Km. Vao correr com algum pacote aerodinamico e configuracao que transforme o carro num pirocóptero com um motor de Twingo. Mas dizem que a ferrari deve ter o melhor motor em velocidade absoluta, e por isso o desespero da Sauber em cortar os 20Kg do carro, dizem que vao chamar o Zanardi pra pilotar e economizar um peso (piada do próprio herói italiano). Acho q será uma corrida interessante e movimentada novamente, principalmente com Maldonado Terminator largando lá atrás.

    Carlos Del Valle · 17 de abril de 2014 às 11:35

    Fico feliz em achar alguém que também achar Magny-Cours um saco. O único que gosta é o Kimi, porque a pista fica no meio do nada, numa zona rural onde só tem vaca (aquelas com chifre e que fazem mmuuuuuu). Segundo Kimi, “é legal porque você vai lá e não tem ninguém, é só correr e pronto”.

    Dei boas risadas ao imaginar o pirocóptero com motor de Twingo huahauahua

    Realmente já houve pistas-bomba como Detroit e Phoenix, além de Dallas etc. Interessante ninguém ter tentado fazer nada em Laguna Seca ou Road America até hoje. Sem contar “the Glen”.

    Caramba, a capacidade do Zanardi fazer humor negro é sinistra hein…

Deixe seu Comentário