Para ouvir, clique Play:

Host: Carlos Del Valle Convidados deste programa: Valesi, do Melhor Blog sobre Nada Sérgio Siverly, do Boteco F1 Eduardo Casola Filho,  da rádio Push to Pass Patetices habituais com erros de gravação no final do programa. Silverstone:

  • O circuito fica a 130 km de Londres, próximo das sedes de várias equipes.
  • Em 1950, sediou a primeira prova do Campeonato Mundial de Fórmula 1.
  • Desde 1987, é o circuito oficial do GP da Grã Bretanha.
  • Construído numa antiga base aérea da RAF durante a WWII
  • Os maiores vencedores do circuito são Jim Clark e Alain Prost (5 vitórias cada).
  • A Ferrari é a que mais venceu, com 15 vezes.
  • A McLaren tem 14 vitórias e a Williams tem dez.

Silverstone 1950 (com poucas modificações até 1990): Silverstone 1991-2009: Silverstone 2010 em diante: Sérgio Siverly: GP da Inglaterra de 2008

  • Webber largou…Adivinha?
  • Hamilton largou muito bem e pulou para a 2º posição. Durante algum tempo, foi bonito de ver as McLarens na chuva disputando posição;
  • Vários carros começaram a rodar, especialmente Webber e Massa. Especialmente Massa. Os outros foram Kovalainen, Piquet, Fisichella, Kubica, Rosberg,
  • Vitória numa imagem linda do carro do Hamilton passando pela bandeira quadriculada com o piso molhado e o sol batendo na pista. Cena bem bonita.
  • Excelente corrida de Rubens Barrichello, levando o fraco carro da Honda ao terceiro lugar. Aliás, o pódio inteiro foi merecedor de estar ali.
  • Melhores Momentos da Prova:

http://youtu.be/DizI6XPMtsk Valesi: GP da Inglaterra de 1988

  • Mansell (e a Williams) estavam numa maré horrível. O inglês vinha de 7 abandonos, e Patrese ficou em 30º (!) lugar na sexta, 14 segundos atrás do 26º colocado.
  • Era o aniversário de 40 anos do circuito, com várias inaugurações (Centro de Imprensa, telões onde a BBC transmitiria a corrida), e o público inglês compareceu em peso.
  • Patrick Head resolveu abandonar a suspensão ativa no meio da noite. Na manhã seguinte, os carros tinham o que se assemelhava à uma suspensão mecânica convencional, mas cheia de “enjambres”.
  • As Ferraris do Berger e do Alboreto tiraram a super McLaren da primeira fila – coisa inédita no ano. Senna e Prost largaram em 3º e 4º, respectivamente. Mansell (11º) não estava muito contente.
  • No dia da corrida, chuva. Senna largou bem e demorou pouco para passar as duas Ferraris e assumir a liderança. Um pouco atrás, Gugelmin, Nannini e Mansell brigavam pela 3ª posição. Prost abandonou.
  • Em 20 voltas, dirigindo fora do trilho seco para diminuir a temperatura dos pneus, Mansell tirou uma vantagem de 50 segundos do Berger e assumiu o segundo posto.
  • Senna venceu com o inglês sendo considerado o grande nome da corrida em 2º. A Benetton de Nannini completou o pódio. Gugelmin, com a March, conseguiu um excelente quarto lugar (seus primeiros pontos na F1), com Piquet em 5º.
  • A corrida inteira (parte 1 de 10):

  • A largada:

  • Ultrapassagem do Mansell no Berger, para conseguir o segundo lugar (o Leão foi lááááá longe):

https://www.youtube.com/watch?v=ORBZCRSF6VU Casola: GP da Inglaterra de 1994

  • Naquele momento do campeonato, Michael Schumacher tinha conseguido em 7 corridas, 6 vitórias e um segundo lugar, abrindo 37 pontos de vantagem para Damon Hill, o vice-líder
  • No grid Hill 1º e Schumacher em 2º
  • Na volta de apresentação, Schumacher pula na frente de Hill (proibido por regulamento) e devolve a posição, mas os comissários decidem punir com um stop and go de 5 segundos na volta 13
  • Na largada, motor Peugeot do Martin Brundle da McLaren, explode de maneira espetacular:

  • Schumacher e o pessoal da Benetton decidem não ir cumprir a punição e até entram nos boxes, mas para uma parada normal.
  • Schumi é desclassificado na volta 22. O alemão cumpre o stop-and-go na 27.
  • O alemão vai até o fim da corrida, chegando na segunda posição, sobe ao pódio, dá entrevista e tudo mais, mas nada vale, a vitória é de Damon Hill.
  • Alesi chega em 2º com a Ferrari
  • Briga frenética pelo 4º lugar (que virou 3º) entre Hakkinen, de McLaren, e Barrichello, de Jordan.
  • Na última curva da última volta os dois se tocam. Barrichello, com a suspensão quebrada, vai aos boxes. Hakkinen fica parado um tempo e volta para cruzar a meta final na frente do brasileiro.
  • David Coulthard (após problemas) chegou em 5º e Ukyo Katayama somou seu último ponto na carreira, em 6º
  • Pós-corrida: Benetton multada em 25 mil dólares, Schumacher foi julgado posteriormente e punido com uma suspensão de duas corridas. Hakkinen e Barrichello tomaram suspensão de um GP, mas em sursis.
  • E com isso, o panorama do campeonato começava a mudar
  • Melhores momentos (Detalhe para a trolada da Minardi em cima da Jordan, por causa da Copa, e da visita da princesa Diana)

https://www.youtube.com/watch?v=UquNLRpLXIE&hd=1 Del Valle: GP da Inglaterra de 2003

  • Rubens Barrichello fez pole position, melhor volta e ainda venceu a corrida
  • Talvez a melhor vitória de Rubens na F1
  • Claro que largou mal e caiu para terceiro, atrás de Jarno Trulli da Renault e da McLaren de Kimi Raikkonen
  • Rubens havia conseguido passar o Kimi, pulando para segundo, quando houve o famoso incidente da invasão de pista pelo padre Cornelius Horan
  • Após o safety car e os pit stops, voltou atrás de Kimi, mas foi buscar e venceu
  • Volta da pole de Rubens: https://www.youtube.com/watch?v=frcNbUsJ2dE
  • Largada: https://www.youtube.com/watch?v=2fmy3zX6YaU
  • Invasão da pista por Cornelius Horan:

Email: contato@podcastf1brasil.com.br

Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Twitter

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil:
http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast


Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

9 comentários

Tiago Oliveira · 30 de junho de 2014 às 15:42

Eu, primeiro?

Domingos lins · 30 de junho de 2014 às 23:44

Podcast ótimo (como de costume), ótimas escolhas das corridas. Só senti falta de uma menção ao acidente de Schumacher em 99

Adriano Oshima · 1 de julho de 2014 às 2:55

Programa excelente como sempre… E já fiz mais amigo a ouvir o melhor podcast de fórmula 1

Du Patriota · 2 de julho de 2014 às 0:28

Grande temporada de 88, tinham 2 tipos de motores no grid nessa época os turbo e os apirados juntos na mesma temporada, os turbos eram mais rapidos e não podiam abastecer já os aspirados andavam menos porem consumiam menos.
Eu tenho o resumo dessa temporada narrado pelo Reginaldo Leme

P. Rossi · 2 de julho de 2014 às 3:57

Caterham vai participar do GP de Silverstone ou não?

Ouvi sobre as mudanças dos motores para a segunda parte do campeonato.
Lotus usando Mercedes.
McLaren usando Honda.
E essa história estranha da Red Bull ter um motor próprio e dispensar o da Renault. Bizarro!

P. Rossi · 2 de julho de 2014 às 4:03

E essa história maluca vinda do Ecclestone – sempre ele – sobre não termos mais Monza?
Não basta termos tilkódromos no calendário, corridas sem graça, carros mais lentos, e ele quer largar Monza?

Vai fazer o quê, depois? Cortar Spa, Mônaco e Suzuka do calendário?

P. Rossi · 5 de julho de 2014 às 16:38

Eu não sei se o Hamilton foi atrapalhado pelo tráfego na pista, mas se for realmente o que aconteceu. Ele não quis mais correr por achar que tinha a Pole Position, eu estou inclinado a passar a torcer pelo Nico.
O cara anda ganhando, não por ser mais rápido do que o seu companheiro de equipe, mas por ser constante e frio. Nico sabe que não é melhor na chuva, que talvez ele não seja mais talentoso, mas ele está simplesmente tirando o coelho da cartola. Ele tem sido perfeito.

Acho que se o Rosberg levar o caneco do Mundial de Pilotos pra casa, o campeonato vai ter sido muito justo, pelo que temos visto até então.
Alguém tem que lembrar ao Hamilton que sua agressividade beirando a imbecilidade está mais para o Mansell do que para o Senna.
E lembrar que ele precisa afrouxar o capacete, assim o EPI não comprimi tanto a cabeça dele e ele faz menos besteira, como consequência.

Mateus Ferreira · 6 de julho de 2014 às 14:08

Excelente corrida na Inglaterra.

    P. Rossi · 6 de julho de 2014 às 22:02

    A luta entre Alonso e Vettel foi de tirar o fôlego.
    Excelente corrida, realmente. Bottas foi perfeito.
    Uma pena o que aconteceu ao Massa.
    Raikkonen rookie.

    Maldonator levando na rabiola. Obrigado por isso, Gutierrez.

    Simplesmente ótima!

Deixe seu Comentário