Todo ano, nós cabeças de gasolina ficamos ansiosos pela temporada seguinte. Desde os anos 80, ficar antecipando as emoções do ano que vem faz parte do nosso espírito.

Uau! Piquet na Williams! Mal posso esperar! Minha nossa! Senna na McLaren! Vai ser demais! Caramba! Prost na Ferrari! Alonso na McLaren! Não acredito! Schumacher vai voltar! Hamilton na Mercedes! Falta muito ainda?

max v

Para 2015, todo mundo já está ficando de orelha em pé. Conseguirá James Allison fazer uma Ferrari competitiva para Alonso? Conseguirá a Renault entregar um motor minimamente digno?

Mas eu tenho que confessar: minha maior curiosidade para 2015 se chama Max Verstappen. Semana que vem ele completará seus 17 anos. Ano que vem ele será piloto titular oficial da Toro Rosso, substituindo Jean-Éric Vergne. Confesso que achei a notícia bizarra quando sua contratação foi divulgada, há alguns meses. Eu já achava que Alguersuari ter estreado com 19 anos era um tanto corajoso. Depois Daniil Kvyat repetiu a dose. E desta vez, com o garoto Max, a Red Bull deu o passo mais ousado até hoje.

O site oficial da Fórmula 1 entrevistou o Dr. Helmut Marko esta semana. Perguntaram ao austríaco quais eram suas expectativas com Max Verstappen, já que ele era o grande mentor da contratação do jovem holandês. Marko saiu com os pés no peito:

“É um talento excepcional, que só aparece uma vez em décadas…”

O entrevistador insistiu, perguntando com quem ele compararia Verstappen. Marko foi ainda mais incisivo:

“Provavelmente com Ayrton Senna. Mas nesse caso você deve levar a idade dele em conta. Ele tem sido avaliado por especialistas em desenvolvimento de jovens talentos, e todos eles dizem que a cabeça dele é mais de 22 anos do que de dezesseis. E quanto a suas habilidades ao volante, podemos dizer que ele tem disputado corridas desde os quatro anos de idade, profissionalmente. Sendo assim, nossa expectativa é que ele seja competitivo desde a primeira corrida. Nós não estamos brincando de loteria. Nós sabemos o que estamos fazendo, e o sucesso prova que temos acertado”

marko1

Quando ele diz sucesso, provavelmente está se referindo a Vettel, Ricciardo e Kvyat, e não a Buemi ou Alguersuari… Na entrevista, ainda perguntaram ao Dr. Marko se o jovem Max necessita de alguma atenção especial. Como seu talento é trabalhado? Helmut Marko respondeu:

“Como eu já disse, mentamente ele parece ter mais de 20 anos de idade. E a resposta é sim, nós trabalhamos intensamente com ele. Ela inclusive vai fazer alguns treinos de sexta-feira. Há algum tempo atrás ele fez um teste de 400 km na Itália, e ele trabalha no simulador sempre que possível. E ainda está trabalhando a parte psicológica, com especialistas de ponta. Apareceram algumas coisas que terão que ser endereçadas para o ano que vem. Mas dito isso, ele está tendo a preparação perfeita para se juntar ao grid.”

Como eu disse no começo do texto: a expectativa para 2015 é muito grande, por muitas razões. Com certeza uma delas é ver no que vai dar essa tacada da Red Bull. Realmente o garoto parece ser diferenciado. Mas será que a experiência de ter disputado corridas batendo roda com roda nas categorias de base não fará falta? Será que essa abordagem científica extrema vai dar certo? A expectativa gerada em torno do menino não poderia atrapalhar as coisas? Não seria melhor deixar o talento na surdina pelo maior tempo possível? Estou muito curioso, vai ser muito bacana conferir.

(Para quem ainda não conhece a história da vitória de Helmut Marko nas 24h de Le Mans em 1971, já escrevemos sobre isso aqui no PF1BR. Para conhecer mais sobre a mais mítica lenda das pistas, chamado Porsche 917K, recomendamos este link.)

A besta-fera.


Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

5 comentários

Fabiano Forte · 25 de setembro de 2014 às 17:32

Com todo o respeito ao Marko, acho que ele está tomando Red Bull demais… Ou vai ver o guri tomar muito Red Bull, para criar asas!

    Carlos Del Valle · 25 de setembro de 2014 às 21:38

    Realmente ele devia estar bem empolgado na hora da entrevista…

Samuka Amorim · 25 de setembro de 2014 às 19:28

Talvez a comparação seja exagerada, talvez não… mas na verdade…. vai saber né!?
Sei lá.. acho que o jeito vai ser esperar pra ver..
Pq o ‘Pagar pra ver’, a Red Bull/Toro Rosso já está fazendo.. rsrs

    Carlos Del Valle · 25 de setembro de 2014 às 21:39

    Exatamente, estou bastante curioso… O interessante é que eles não fazem questão de evitar a expectativa excessiva. É a cova dos Leões. Se sobreviver, é porque é dos bons mesmo

Sérgio Dias (@sergiopdias) · 26 de setembro de 2014 às 0:18

Qualquer tipo de comparação nunca é saudável. Imagine então quando você compara um garoto de 17 anos com Ayrton Senna ou qualquer outro grande profissional em qualquer área.

O Marko sabe das coisas, claro, mas esse tipo de declaração mais atrapalha do que ajuda o jovem Verstappen: cria expectativa, coloca uma pressão desnecessária, etc.

O menino pode ser um poço de calma, ter uma mente extremamente equilibrada, ser um novo “gênio” do automobilismo, mas eu, se estivesse na pele do Marko, jamais diria isso para evitar certas pressões desnecessárias no garoto.

O que eu penso é: será que não é exatamente o que Marko quer?

Deixe seu Comentário