Para entrar ainda mais no clima de Melbourne e do GP da Austrália, vamos relembrar nosso Especial com as Crônicas Cangurus! Nesse programa, foram lembradas as corridas de 2002, 2007, 2009 e 1997:

Para ouvir, clique Play:

melbourne crash

Host: Carlos Del Valle

Convidados deste programa:

Valesi, do Melhor Blog sobre Nada

Sérgio Siverly, do Boteco F1

Eduardo Casola Filho,  da rádio Push to Pass

Patetices habituais com erros de gravação no final do programa.

rubens melbourne 2009

As curvas de Melbourne são nomes de grandes pilotos

Recorde: 1:24.125, MSC, Ferrari, 2004

Nunca um brazuca ganhou em Melbourne (apenas em Adelaide)

Vitórias: McLaren 6 x 6 Ferrari

Corrida clássica em Melbourne: 2009 (by Del Valle)

  • Dobradinha inacreditável da Brawn GP no treino
  • Vettel estreando na Red Bull em terceiro no grid
  • Largada habitual de Barrichello (caiu de segundo para nono)
  • Barrichello caiu no bolo e foi atingido na curva 1, sendo lançado contra Webber e Kovalainen
  • Miraculosamente, a Brawn de Rubens sobreviveu à curva 1
  • Era para Rubens ter chegado em quarto, mas um final espetacular lhe deu o segundo lugar
  • Vettel em segundo, Kubica em terceiro, Kubica tentou passar, Vettel fechou a porta, bateram, enroscaram, quebraram asas, tentaram continuar, ambos acabam no muro, em pontos diferentes da pista.
  • Vettel  no rádio “I’m very sorry, I’m very very sorry”
  • Largada do Rubens: pule para 02:10

  • Hamilton, Trulli e a Névoa da Guerra:

  • Vettel vs. Kubica: pule para 02:06

  •  Nelsinho se perdeu na freada:

nelson melbourne

Corrida clássica: 2007 (by Valesi)

  • Estreia do Kimi na Ferrari, vencendo (desde Mansell – 89 isso não acontecia)
  • Estreia do Hamilton na F1, com pódio (3º) – desde Villeneuve 96
  • Primeira corrida da era pós-Schumacher
  • Primeira corrida da história da F1 em que os três do pódio estavam estreando em seus times.
  • Raikkonen foi o mais rápido em todos os treinos, e fez a melhor volta da corrida.

Corrida clássica: 2002 (by Sergião)

  • Ralf Schumacher decolando na largada (pule para 1:50)

  • Famoso 5º lugar de Mark Webber com uma Minardi!
  • Erros de Montoya, Trulli

Acidentes famosos

Villeneuve vs. Ralf em 2001, que causou a morte de um fiscal (pule para 1:20)

Brundle e seu voo espetacular em 1996 (pule para 5:00)

O míssil Kobayashi contra Hulk em 2010:

Felipe Massa e Bruno Senna, colisão em 2012:

Porrada do Massa em 2006:

GASOLINA STORE BANNER

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

Faça parte da nossa Liga Conjunta no Bolão do GP Predictor: Podcast F1 Brasil e Boteco F1 

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

 

Categorias: Artigos

Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

5 comentários

GEcKoDriver · 12 de março de 2015 às 14:37

Rubens penou nessa largada em Melbourne, em 2010. Coisa que se repetiu outras vezes na temporada…

    Carlos Del Valle · 12 de março de 2015 às 17:25

    Síndrome de Webber-Barrichello

Samuka Amorim · 13 de março de 2015 às 13:50

Agora siiiimmm com o feed liberado já estou baixando todas as ‘crônicas dos circuítos’, especiais e estou cogitando ouvir até os das corridas de anos atrás pra relembrar..rsrsrs
Valeeeuuuuu Delvas /

    Carlos Del Valle · 13 de março de 2015 às 15:16

    Beleza Samuka! Tomara que nosso conteúdo antigo tenha envelhecido bem kkkk

      Samuka Amorim · 17 de março de 2015 às 16:15

      Ouvi tanto o ‘Cronicas de Meldourne’ e logo em seguida o cast sobre a trajetória do Massa no último ano de Ferrari.
      Posso dizer que embora haja claríssima evolução ná dinâmica, qualidade de som, edição e até mesmo desenvoltura…
      A grande quantidade e qualidade de informações já estavam lá desde o ‘início’.
      O sucesso do PF1BR não é por pura obra do acaso.
      Parabéns 😉

Deixe seu Comentário