Amigos, toda sexta-feira é dia de relembrarmos Programas Especiais que já foram lançados no PF1BR. Esta semana vamos recapitular nosso primeiro Especial sobre Nelson Piquet, falando da Era Brabham (1978-1985). Esse foi o Programa 29, falando de uma época em que Piquet foi considerado o melhor piloto do mundo. Vamos lá:

Host, Editor-Chefe, Contínuo, Boss e Office-Boy: Carlos Del Valle

Convidado deste programa:

Eduardo Casola Filho , da Estante do Casola

GASOLINA STORE BANNER

Anos comentados:

1978 – Estréia no meio da temporada

1979 – primeiro ano completo, chegando a largar da primeira fila

1980 – disputa do título contra Alan Jones

1981 – campeão com Brabham-Ford, contra Reutemann

1982 – ano do MMA. Boxe. Salazar. Semeando a era turbo. Ano caótico em geral

1983 – campeão com Brabham-BMW, contra Prost

1984 – o ano das nove poles. Para quem acha que pole era coisa só do Senna

1985 – Bernie resolve inventar moda com a Pirelli

Vídeos mencionados:

Piquet vs. Alan Jones, Montreal 1980:

Piquet vs. Salazar, Hockenheimring 1982:

Piquet vs. Prost, Zandvoort 1983:

Links e notícias usados ou mencionados neste episódio:

TODAS as vitórias de Nelson Piquet na F1

TODAS as poles de Nelson Piquet na F1

Artigo muito bom: Graham Keiloh, “O Vale mais Profundo e a Montanha mais Alta”

Outro grande artigo: Clip the Apex, “O Campeão Esquecido”

Piquet vs. Alan Jones, Montreal 1980:

GASOLINA STORE BANNER

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast


Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

2 comentários

RSK · 3 de abril de 2015 às 9:00

Massa a guitarra na introdução. Produção própria??

    Carlos Del Valle · 3 de abril de 2015 às 21:06

    Não não, é da American Heartbreak, que tem o link do final do post 🙂

Deixe seu Comentário