Vídeo com alguns assuntos não cobertos no programa de domingo: Ferrari e punição, Red Bull e ameaças, Audi e a F1, queremos saber a opinião de vocês sobre esses três tópicos:

GASOLINA STORE BANNER

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

Faça parte da nossa Liga Conjunta no Bolão do GP Predictor: Podcast F1 Brasil e Boteco F1 

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

 


Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

8 comentários

Joshué Fusinato · 17 de março de 2015 às 9:16

Punição à Ferrari? Não.
Red Bull sair da F1? Pode ser. Acho mais fácil eles deixarem o modelo atual de duas equipes pra trás, e não sair completamente. Se saírem, aposto que vão patrocinar alguma equipe (Ferrari).
Audi ou Porsche na F1? Que venham as duas!!!!!

rosarafael · 17 de março de 2015 às 11:42

Punição à Ferrari? Não, quanto menos punições melhor.
Red Bull sair da F1? Sim, eles vao dar ela por 1€ para a Audi, e vão ficar com a ToroRosso que tem um desempenho bem melhor 🙂
Audi ou Porsche na F1: Seria otimo, mas não acredito que venham, sobretudo com o regulamento atual de desenvolvimento de motores.

rubens.pdf (@rubensGPnetto) · 17 de março de 2015 às 14:02

1 – Ferrari: Não, só uma puxada de orelha: “olha da próxima vez, vai ter punição.”;
2 – Red Bull: Não, eles ficam, mimimi pode ajudar, já piorar, não. RBR permanece assim como a Toro Rosso também, “paaaraaaa a nossaaaa alegriaaaaa”. No caso da RBR acredito que ela sofra algumas mudanças, tais como, mudar o fornecedora do motor, Cristian Horner continua no comando, mas assumiria um papel de “manager fodástico” junto a STR, mas com um suporte técnico renovado e manteria o desenvolvimento de jovens pilotos, não podemos esquecer que a Red Bull ainda tem os seus pilotos em categorias de base (-GP2) o que ajuda na permanência dela na categoria, já que a sua saída da F1 seria um investimento sem retorno, uma vez que não leva-los a F1 pela RBR e STR não lhes trariam o retorno desejado, bem como, para uma nanica por ela “patrocinada”;
3 – Audi (Porsche): Acredito que ela só entre na categoria se o atual modelo de desenvolvimento de motores seja revisto e haja outras mudanças tais como maior flexibilidade no desenvolvimento aerodinâmico e que a abertura para as equipes possam negociar com outros fornecedores de pneus.

Os itens 2 e 3 podem ajudar e muito a definir a F1 no futuro, a Red Bull patrocina muitos pilotos e não tem cockpits suficientes para eles, logo paga para eles correrem eles precisam das nanicas, assim tal fato poderia, em tese, ajudar uma nanica a se manter (Riccardo foi um dos últimos pilotos a HRT, olha aí), já tanto a Audi como a Porsche podem atrair/trazer novos investidores, tecnologias, fãs e outras montadoras (que Odin me escute e mande a BMW e a VW junto).

Bem é isso.

Desculpe qualquer inconveniente.

Ps.: Bela gravata Delvas, quando crescer quero ter uma assim.

Mateus Ferreira · 17 de março de 2015 às 15:43

Punição para o Kimi acho que não vai ter. Não vão querer punir a a Ferrari
A RBR sair tb imagino que não ocorra. Porém acho que o mimimi tem certa razão, pois quando eles dominavam, mudaram o regulamento durante a temporada, assim como fizeram com a Brawn ou a Renault. Foram proibidos os amortecedores de massa, difusores duplos, difusor soprado, mapeamento de motor, etc. E quando outra equipe domina, simplesmente deixam a temporada correr.
Já a presença da Audi imagino que não aconteça. Desde que comecei a acompanhar a F1 há quase 30 anos ouço essa conversa e até hoje nada se concretizou.

    rubens.pdf (@rubensGPnetto) · 17 de março de 2015 às 16:09

    Opa Matheus,

    Tudo bem,

    Referente ao caso do Kimi, a punição não viria porque ele é da Ferrari e sim porque não houve prejuízo para outro piloto a não ser para ele mesmo, quer maior prejuízo que não terminar uma corrida que o seu companheiro foi ao pódio e só onze carros chegaram ao fim.

    Abraços

Sra. Flowers (@Deh_PassosF1) · 17 de março de 2015 às 16:41

01 – Sobre a Ferrari como disse o Rubens ai, a maior punição que ele teve foi perder a corrida. Basta um alerta e só!

02 – No cenário atual da F1 acho que ninguém discorda que a dominante é a Mercedes! Então vamos lá, eu andei lendo alguns comentários dizendo que a RBR esta de mi mi mi, que eles podiam pegar as malinhas deles e ir embora, mas não é bem assim! Enquanto eles ganhavam tudo, o Adrian Newey se matava a cada norma que eles implantavam na Fórmula 1 para desenvolver um carro melhor, escapamentos que foram alterados, a carroceria flexível banida entre outras coisas, tudo para barrar o crescimento deles e fazer as outras equipes encostarem e terem chance de disputar o título com eles, então porque essas medidas não podem ser tomadas novamente ? Acho difícil o abandono deles da Fórmula 1 sabe, acho que é uma forma de tentar chamar a atenção não só para eles se beneficiarem, mas para as outras equipes também terem como disputar alguma coisa! Cabe a equipe agora ver se vale manter o motor da Renault ou buscar outra fabricante, ver a onde estão os maiores erros e tentar melhorar, eles também devem entender que as equipes têm seus altos e baixos e que de uma hora para outra eles podem estar assumindo a ponta novamente, o Christian mesmo disse que tornaria o Ricciardo um campeão, então vamos lá busquem essa disputa!
Estou cansada de ver equipes acabando, e o Grid diminuindo cada vez mais, é só uma fase ruim logo passa!
Aaah e tem outra a Red Bull está em outros esportes e eles têm pilotos em categoria de base a STR que ajuda eles com o treino de pilotos para a Red Bull, acho que não vão abrir mão de tudo isso, ele estão em uma categoria que várias equipes por anos batalham para conseguir entrar! 🙂

03 – Audi e ou Porsche: Acho que seria bem interessante, torço para que ela ou elas venham como fornecedoras e com equipes próprias!

Ps:. Desculpa o texto enorme!
Ps2:.Um beijo para todos vocês do Podcast, e Delvas você é o podcaster mais style do podosfera <3 hehe, parabéns fiu fiu!

    Carlos Del Valle · 17 de março de 2015 às 17:15

    Hahaha é que eu estava sem minha roupa de podcaster, que é uma camiseta desbotada…

    Esse raciocínio sobre as restrições à Red Bull nos outros anos é muito interessante. Será que o estado atual das coisas é similar? A Mercedes não faz nada de criativo ou de ilegal, ela simplesmente seguiu a regra e fez um motor que é excelente. Já o Newey tinha umas paradas meio não previstas na regra, utilizando brechas no regulamento, ou mesmo falcatruas grosseiras, como os mecanismos de asa flexível com molas e borrachas ocultas. E a Ferrari está aí para provar que dá para tentar ir buscar o motor Mercedes. O problema da Red Bull (na minha opinião fecal) é a Renault, que está dando um vexame fenomenal, e não as regras que deixam de tesourar a Mercedes…
    abração para a família Deh/Rubens

Eduardo Patriota · 18 de março de 2015 às 17:25

Pera ai é outro canal no YouTube é isso? o do podcast foi abandonado então?

Deixe uma resposta para Joshué Fusinato Cancelar resposta