Está na hora de você dar sua opinião! Vote e espalhe sua opinião para seus amigos cabeças de gasolina.

Clique em quem você achou que foi o melhor e pior deste GP da Inglaterra:

GP da Inglaterra: - Qual foi o pior piloto ou acontecimento (TROFÉU ASNO VOLANTE)?

  • Williams: ainda perdendo em estratégia para Mercedes e Ferrari (71%, 288 Votes)
  • Lotus: a dupla explosiva Groselha/Maldonado abandonou logo na primeira volta (8%, 34 Votes)
  • Kimi Raikkonen: mais uma corrida de nada a lugar algum (7%, 28 Votes)
  • McLaren: quando parece que não dá mais piorar, um carro é obliterado pelo outro (6%, 25 Votes)
  • Sauber do Felipe Nasr: enguiçou antes da corrida e o brasileiro nem largou (4%, 18 Votes)
  • Max Verstappen: treino ruim e rodada logo no começo (2%, 10 Votes)
  • Carlos Sainz, perdeu tanto tempo batendo no volante que parou em lugar inadequado, desencadeando o Safety Car Virtual (1%, 5 Votes)

Total Voters: 408

Carregando ... Carregando ...

GP da Inglaterra: Qual foi o melhor piloto ou acontecimento (TROFÉU PODCAST F1 BRASIL)?

  • Felipe Massa: ótimo treino e largada espetacular, com longa liderança na primeira parte da corrida (65%, 258 Votes)
  • Ferrari: nó tático com Vettel chegando à frente das Williams mesmo com carro mais lento durante todo o final de semana (12%, 49 Votes)
  • Hamilton: terceiro da história em poles, atrás de Senna e Schumacher. Vitória épica em casa, reagindo no campeonato (12%, 48 Votes)
  • Alonso: superou Groselha no Campeonato Interno de Rali na Brita na sexta-feira, e ainda conseguiu um ponto no domingo (6%, 24 Votes)
  • Williams: manteve uma linda dobradinha em casa durante um bom tempo (3%, 13 Votes)
  • Duas Force India nos pontos, resultado importante na briga de foice contra Lotus e Toro Rosso (2%, 7 Votes)

Total Voters: 399

Carregando ... Carregando ...

Você acha que faltou alguém na votação? Então deixa a sua sugestão aqui embaixo nos comentários!

williams mercedes

podcast patreon 550

Grupo do Podcast F1 Brasil – Roda com Roda no Facebook

Faça parte da nossa Liga Conjunta no Bolão do GP Predictor: Podcast F1 Brasil e Boteco F1 

GASOLINA-STORE-BANNER-JPEG

Curta nossa página no Facebook

Confira nossas camisetas de F1 na Gasolina Store

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Estamos também na TuneIn Radio e no Stitcher, além do iTunes

Música podsafe / Creative Commons: Brother Love e American Heartbreak

Feed do Podcast F1 Brasil: http://feeds.feedburner.com/PodcastF1BrasilPodcast

Categorias: Artigos

Carlos Del Valle

Podcaster. Imerso em Fórmula 1. Nada mais lógico do que um podcast sobre Fórmula 1.

54 comentários

Diego Ricarte · 5 de julho de 2015 às 10:52

ahhhhhh Williams

Marcio Neves - RJ/RJ · 5 de julho de 2015 às 10:53

Que corrida, gente!

raphaelwilker · 5 de julho de 2015 às 10:55

O roteiro dessa corrida só pode ter escrita por George R. R. Martin, criador do Game of Throne.

    André Luiz · 5 de julho de 2015 às 19:02

    Acho que está mais para George Lucas, ele até estava presente…

Diego Ricarte · 5 de julho de 2015 às 10:57

Jacques Laffite?
Gilles?
James?

raphaelwilker · 5 de julho de 2015 às 10:58

E aí, teve a entrevista do Mr. Bean ?

Pedro Brocchi · 5 de julho de 2015 às 10:59

Ta certo essa votação?

Valdo Raya (@cravoley) · 5 de julho de 2015 às 10:59

Faltou o conservadorismo da Williams para o asno volante, deixando o Vettel passar o Massa e Bottas na troca por pneu de chuva

Henschel · 5 de julho de 2015 às 11:00

Williams para o asno volante imediatamente!
A corrida mais mixed feelings da temporada até agora. Expectativa de one-two da Williams, mas entregaram a rapadura de novo por falta de noção de timing e perderam o pódio para a Ferrari, como uma reminiscência da Austrália esse ano não fazendo os seus carros pararem antes das Mercedes e a lambança na chuva, sendo que eles sabem perfeitamente da vantagem de aderência da Mercedes. Ignoraram o pedido do Bottas e na volta seguinte resultou na ultrapassagem do Rosberg! Para os que dizem que corrida na chuva é corrida boa, mais um velho HAM-ROS-VET…

Gus Fernandes · 5 de julho de 2015 às 11:01

Cadê a Williams no Asno Volante?! Pit Stop de 3.5 segundos e uma estratégia chula que tiraram os pódios de Massa e Bottas.
Essa foi a melhor corrida do Massa em anos, apesar de todos os problemas. Melhor da corrida.

Carlos Del Valle · 5 de julho de 2015 às 11:01

Felizmente foi uma pequena falha fácil de corrigir, amigos! Obrigado pela compreensão, e ao Joshué que gastou interurbano para me avisar! Coisas de corrida movimentada…

William Schafaschek · 5 de julho de 2015 às 11:02

Williams: A melhor e a pior do final de semana, mas o saldo foi positivo, só faltou transformar desempenho em resultado, corrida bonita demais!

Pedro Brocchi · 5 de julho de 2015 às 11:02

Foi lindo ver a largada do Massa…foi muito boa a corrida…infelizmente a Williams não consegue trabalhar bem na estratégia…

Bruno Vicente · 5 de julho de 2015 às 11:03

Williams confirmando que a cada parada seus pilotos pedem 1 posição, não culpo na 2a parada, pois Vettel estava bem atrás, teve mais tempo pra ver q a chuva iria aumentar, mas a primeira parada que realmente complicou.
Corrida limpa do Massa, sem nenhum erro, realmente é uma pena perder o pódio, mas acontece.
Deu pra perceber pq os pilotos da Mercedes não se atacam, o carro não foi feito pra andar no tráfego, na turbulência de outro carro, pra mim é meio que inexplicável eles não conseguirem passar as Williams.

    Sérgio Siverly (@SergioSiverly) · 5 de julho de 2015 às 12:00

    Excelente, seu comentário, Bruno. 😉

    Sandro Bernardi · 5 de julho de 2015 às 13:09

    Bem pensado! Isso explica porque Hamilton mal conseguia ficar perto de Rosberg na Espanha e na Áustria, e também as reclamações de Rosberg na China. Talvez seja consequência de uma aerodinâmica “perfeitinha” que exige que eles andem com ar limpo?… E o chato é que isso decide a parada entre eles logo na primeira curva, a não ser que o da frente erre. Tá aí mais um argumento a favor da diminuição da aerodinâmica na F1…

Lucas Pereira Martins · 5 de julho de 2015 às 11:07

Primeiramente, Hamilton andou tendo umas aulinhas de “voltas rápidas antes de parada com o Schumacher.

Segundamente, ARGENTINA! (Viva Chile!)

Terceiramente, Não sei se agradeço ou se xingo a Williams. Tiraram o Massa do 3° lugar e me fizeram acertar o pódio no bolão. Preparem o Sedex internacional. O Burrico de bronze vai pra Inglaterra.

E por último mas não menos importante: Fusinato, hoje eu não queria ser você. Foi do céu ao inferno em um under-cut.

    Sérgio Siverly (@SergioSiverly) · 5 de julho de 2015 às 12:03

    Hahahahahaha!

    Sensacional, Lucas! Fiquei super feliz com a vitória do Chile também.

    E senti a mesma coisa, porque a Williams me fez me dar bem no bolão. 😉

    Joshué Fusinato · 5 de julho de 2015 às 13:39

    né!!!!

Diego Ricarte · 5 de julho de 2015 às 11:07

Até quando a Williams vai ficar com essa mania de equipe pequena?
Não tem estratégia própria. Sempre esperando outras equipes tomar decisões para resolver fazer algo,

Rafael Rosa · 5 de julho de 2015 às 11:15

Ruinlliams…

Gus Fernandes · 5 de julho de 2015 às 11:16

Podiam colocar o Galvão também, quem nem parecia ser o GALVÃO!
Empolgado o todo tempo, rindo, deixando os outros falarem, deixando o rádio tocar e passando emoção.
Acho que o Senhor Bueno tá ouvindo nossas críticas e se corrigindo nas narrações.

Samuel Sidney · 5 de julho de 2015 às 11:20

o Max fazendo merda rodando sozinho vacilao!!!!!!!!! e as pequenas q so se via na tomadas de fil
mgens aereas ksksksksk

Ivan Cézanne Seara · 5 de julho de 2015 às 11:21

Williams? Não falo é nada, e digo mais: só digo isso. De onde eu venho a gente aproveita as chances que tem, agora tomar dois undercuts (o da Ferrari ainda vá lá) na mesma corrida? Adoro o garagismo do Frank, mas pra ganhar corrida não basta só carro e piloto!

    Ivan Cézanne Seara · 5 de julho de 2015 às 11:25

    Ah, Del Vale, uma foto do Massa na largada ia dar uma moral da égua pro post, hein?!!!

Douglas · 5 de julho de 2015 às 11:21

corridaça, melhor corrida do ano por enquanto. Que lindo uma disputa entre 4 carros durar mais de 20 voltas nessa F1 atual, muito lindo ver isso, e no final ainda a chuva só pra jogar mais tempero nessa corrida incrível. Nota 10.

Rodrigo "Digão" · 5 de julho de 2015 às 11:27

Que pena que a Williams foi a Williams foi na estratégia e a Ferrari foi a Ferrari na estrategia, ai não deu pra equipe inglesa, principalmente nos pits o ultimo o Massa perdeu 3.7 segundos, ai é dificl. Mas o piloto brasileiro foi o piloto da corrida sem duvida, realmente da esperança pro segundo semestre. Outro destaque foi a Force India que pontuou com o Hulk e Perez. E o Kvyat, discreto mas eficiente.
E ei galera, Alonso pontuou! Quase lá Maclaren, quase lá!

Ah, e se possível, mandar outro abraço pra minha senhorita, a Rebeca que viu a corrida e gostou, quase que começa a gostar de F1. Valeu!

Elcio Neto · 5 de julho de 2015 às 11:45

Melhor corrida do ano!!! Cheguei ontem as 5…mas nem pisquei….Uma pena o massa..ele teria ebtrado no time perfeito…seria o segundo colocado certeza..

Valesi · 5 de julho de 2015 às 11:51

Expectativa é tudo na vida, senhores.

Geraldo Braz · 5 de julho de 2015 às 12:05

Williams devia ter deixado Bottas passar o Massa, quem sabe eles teriam uma chance.

Sra. Flowers (@DehFlowers) · 5 de julho de 2015 às 12:20

Desculpa à todos os brasileiros que estavam torcendo para o Massa!!! O Vettel chegou em terceiro chupaaaa!!! #ForzaFerrari #maisfelizquepintonolixo

Thiago Martins Rodrigues · 5 de julho de 2015 às 12:28

A melhor corrida até o momento!!!!
Williams não consegue se livrar do “cagaço” na hora do box, medo de errar acaba fazendo ela errar mais ainda, deveriam pagar umas milhas para o Ross Brawn da umas aulas de estrategia…

Mas graças a Williams, presenciamos um começo de corrida espetacular, amarraram as Mercedes e proporcionaram um show de corrida!

rubens.exe (@rubensGPnetto) · 5 de julho de 2015 às 12:36

Olá amigos do PodcastF1Brasil!!!
Desculpa mas vou fazer um “texticulo” aqui:
Que corrida emocionante, do inicio ao fim, Felipe Massa largou de forma excepcional, uma pena que não conseguiu de distanciar dos demais e assim garantir o pódio, contudo este fato foi o que deu emoção a corrida, também!
Alonso, pontuando em uma corrida atípica, ou seja só assim para um bólido da Mclaren pontuar mesmo, acredito que se o Button não tivesse sido.
Bottas mostrou que esta no caminho certo para ser o segundo piloto da Ferrari (apesar que eu torço para que isso não aconteça com ele), mesmo rápido soube mostra isso sem prejudicar a corrida do Massa!
Uma pena as Lotus terem se auto-excluídas a si mesma já no inicio da corrida, os motores Mercedes poderia ter ajudado o time do menino Campos a pontuar.
Assim, este foi um GP da Inglaterra para calar a boca de meio mundo que critica a F1 atual, ou não.
Um efusivo abraço!

raphaelwilker · 5 de julho de 2015 às 13:00

Acho que a Williams deveria trocar o estrategista pela vó do Rubinho, que iria avisar que a chuva vem da represa :p

raphaelwilker · 5 de julho de 2015 às 13:04

Queria rever a largada, acho que o Maldonado foi tocado, não conseguiu segurar e acertou o Groselha.

Sandro Bernardi · 5 de julho de 2015 às 13:20

Interessante como Bottas sempre apresenta um ritmo de corrida melhor que o Massa, mas o brasileiro tem constantemente se superado nos treinos e largado à frente do finlandês. Ou seja, ele pode até reclamar que a Williams não cedeu a ponta pra ele no início, mas se ele largou atrás, fazer o quê, não?

De qualquer forma, a Williams, sendo sempre conservadora e passiva, teria perdido pra Mercedes anyway. Tomaram um undercut épico do Hamilton… Mas, considerando que quase todos esperavam fazer apenas uma parada, até dá pra compreender a hesitação em chamá-los muito cedo.

    Carlos Del Valle · 7 de julho de 2015 às 20:57

    Essa é a história da vida do Massa, ele tipicamente tem mais poles que vitórias…

raphaelwilker · 5 de julho de 2015 às 13:47

Estou curioso para saber o que a Williams vai fazer para o próximo GP, já que seus carros são dragas em pistas lentas.

André Saraiva · 5 de julho de 2015 às 15:02

A Willians tem medo. Hoje era dava para desbancar a Mercedes, mas foram conservadores demais.

Leonardo Previate · 5 de julho de 2015 às 15:36

Só quero deixar uma previa aqui sobre a narração do galvão de hoje que pra mim, foi boa. Pausando para todos os rádios, narrou com mais vontade e tiro sarro do gordin correndo.

Felipe Massa mostrando ser um piloto importante com muita experiencia.

FROSA · 5 de julho de 2015 às 18:03

Que CORRIDA senhores !!!
Eu até ia votar na Willians pra ASNO, mas aí lembrei que graças a falta de competência estratégica deles eu acabei gabaritando o podium no bolão. KKKK
Braaaaaaaaaaço
Frosa

Jordan Bandeira · 5 de julho de 2015 às 18:34

Não vi a corrida pois estava num congresso… O globoesporte.com disponiblizou a corrida inteira. (!) Vou assistir e depois voto nos melhores e piores.

Del Valle, bem que você poderia fazer o troféu Pit Start para os atrasadinhos… 😉

Thiago Pereira Raposo · 5 de julho de 2015 às 18:37

Não votei em nenhuma das opções do Burrito e quero registrar o meu!
. Sauber, tentou dar o pulo do gato quando caíram os primeiros pingos e chamaram o Ericsson e colocaram os bandas verde! Como a chuva não caiu forte, tentaram dar novamente o pulo do gato e o levaram novamente para os pits e colocaram os bandas branca! E aí a chuva despencou e o sueco teve que parar pela terceira vez…

. Registrando também que no Troféu Podcast Brasil votei na Williams – não pra ignorar o que fizeram no início da corrida. A loteria de acertar a hora que a chuva vai cair não pode jogar aquele começo no lixo!

    Joshué Fusinato · 5 de julho de 2015 às 20:56

    Muito bem ponderado, Sr. Raposo. Como diria o Sr. Silvio Santos: “Bem bolado, bem bolado. Ganhou 100 reais”!

    E todos os parabéns do mundo pela transmissão da CBN!

Pedro · 5 de julho de 2015 às 18:37

Mano , a Willians deve estar de sacanagem. Precisa urgente um chefe de equipe.

Jordan Bandeira · 5 de julho de 2015 às 20:38

Uma efeméride (Me acostumando com esta palavra): O príncipe Michael de Kent, que entregou os troféus de Hamilton e Rosberg, é o mesmo que esteve no pódio do GP de Brands Hatch de 1984, vencido por Niki Lauda. O segundo lugar foi de Derek Warwick e Ayrton Senna completou o pódio.

André Carvalheiro Garcia · 5 de julho de 2015 às 21:02

A culpa foi do Felipinho 🙂

Pedro · 5 de julho de 2015 às 23:46

Não entendi por que vocês colocaram a Mclaren no troféu asno volante. Eles nunca marcariam um ponto com o jeito que o carro está no momento.

Deixe seu Comentário